Por Patrícia Sarruf

Para o meu primeiro post aqui no CDD vou tentar falar, resumidamente, como eu cheguei ao diagnóstico e Urticária Crônica Espontânea.
Meu nome é Patrícia Sarruf eu tenho Urticária Crônica Espontânea (UCE) desde 2005. A UCE em mim aparece, fica em torno de 1 ano e meio em crises diárias, e some por cerca de 3 anos!
Nesses 14 anos eu tive 4 temporadas intensivas de UCE que me fizeram aprender (e me coçar) muito!

A saga para chegar no diagnóstico da Urticária Crônica Espontânea passa por muitas especialidades médicas, muitos tratamentos fracassados, muitos palpites de conhecidos e desconhecidos, por uma busca incessante por uma causa.

Nessa minha busca pelo que causava a minha UCE, tive dois episódios interessantes: o primeiro de uma médica reumatologista me diagnosticar com Lúpus, e de eu até ter feito o tratamento por 6 meses, sem ter a doença! Mas como assim? Você deve se perguntar… tudo por um único exame ter dado pouco alterado, e a médica se apegou a isso.

E o segundo é de um alergista indicar a retirada da minha glândula da Tireoide. Mas como assim? Você deve ter se perguntado de novo… Isso porque eu tenho outra doença crônica, que é o Hipotireoidismo de Hashimoto, que me acompanha há 15 anos, e que faz com que meus anticorpos da tireoide hajam de maneira desordenada. O médico também se apegou nisso e sugeriu a retirada, já que a glândula não funciona direito mesmo… Mas não se preocupem que eu não cheguei a tanto! Hehehe

Eu sempre pesquisei muito sobre o que eu tinha, em artigos científicos e periódicos digitais de medicina, e decidi compartilhar o que eu descobria. Em 2011 comecei a escrever o blog “Eu tenho Urticária Crônica”, contando sobre a minha busca pelo diagnóstico, na esperança de que outras pessoas com o mesmo problema me encontrassem e assim pudéssemos trocar informações e experiências!

Após 9 anos eu recebi de uma médica alergista o diagnóstico eu já tinha descoberto sozinha, que eu realmente tinha Urticária Crônica Espontânea.

E o que, de mais importante, eu aprendi sobre UCE nesse tempo todo é que:

–URTICÁRIA CRÔNICA NÃO É ALERGIA.
– Aprendi que existe vários tipos de urticária e que a minha urticária é crônica e espontânea.
– Aprendi que a causa da Urticária Crônica Espontânea não é externa. Isto é, não é causada por alimentos, cosméticos, remédios, tecidos, nem pelo ar que respiro. Enfim, não é alergia!
– Aprendi que Urticária Crônica é uma desordem no sistema imunológico.
– Aprendi que a urticária crônica não tem cura.
– Aprendi que existe sim, pessoas preocupadas em encontrar um medicamento que melhore a qualidade de vida de portadores de urticária crônica.
– Aprendi que a urticária é uma doença autolimitada. Que um dia ela vai embora, com, sem, ou apesar do tratamento.
– Aprendi, principalmente, que são apenas bolinhas que coçam, e que quem domina a minha vida sou eu, e não a urticária!

Compartilhe!!!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email