A Dermatite Atópica, também conhecida como eczema, é uma condição crônica da pele que faz com que a pele fique vermelha, causando coceira e inchaço. A pele geralmente se racha ou incha e pode se tornar sensível e dolorosa ao ser coçada. Como a DA é desconfortável e visível, a condição é frequentemente associada a problemas emocionais ou psicológicos acompanhadas. A natureza crônica da DA tem uma grande impacto na qualidade de vida das pessoas, afetando relacionamentos, atividades do dia-a-dia e bem-estar emocional. Ansiedade e depressão são comuns em pacientes com DA. Em alguns casos, a carga emocional pode levar ao suicídio.

Ideação suicida: conheça os sinais
• A pessoa demonstra que quer morrer
• Sentimentos de desesperança ou não ter razão para viver
• Sentir-se preso ou com dor
• Sentir-se um fardo para os outros
• Maior uso de álcool ou drogas
• Comportamento ansioso ou imprudente
• Mudanças nos hábitos de sono
• Afastar-se dos outros
• Aumento da raiva
• Mudanças de humor

Se você ou alguém que você conhece estiver passando por esses sintomas, é importante obter ajuda imediatamente.

Prevalência de ideação suicida na Dermatite Atópica
Já é entendido que pacientes com DA têm alto risco de depressão. De fato, um estudo recente do Colégio Americano de Alergia, Asma e Imunologia descobriu que um em cada cinco pacientes com DA também sofria de depressão. Por causa do aumento do risco de depressão, é lógico que a DA também esteja associada a um risco aumentado de suicídio. Estudos examinaram a conexão e descobriram que pacientes com DA têm maior probabilidade de apresentar suicídio do que aqueles sem DA. Um estudo recente concluiu que pacientes com DA tinham 44% mais probabilidade de suicidar-se. A probabilidade de realmente tentar o suicídio também foi aumentada entre os pacientes com DA, com o mesmo estudo mostrando um aumento de 36% nas tentativas de suicídio entre pacientes com DA versus aqueles sem DA.

Prevenção
Como a possibilidade de suicídio pode ocorrer com frequência em pacientes com DA, é importante estar atento aos sinais e sintomas. Os profissionais de saúde devem estar cientes dos sinais e sintomas e fazer o check-in com os pacientes para avaliar o risco. Da mesma forma, se você ou alguém que você conhece sofre de DA é importante notar sintomas de ansiedade ou depressão e fatores de risco de suicídio. Não ignore esses sintomas. Obtenha ajuda imediatamente.
Busque terapias que possam ajudar a manter sua mente saudável. Faça coisas que te ajudem a manter a positividade. E lembre-se sempre: você é muito mais do que seu diagnóstico.

Fonte: https://atopicdermatitis.net/clinical/eczema-mental-health-suicidality/?utm_source=weekly&utm_medium=email&utm_campaign=ff7d0db7-d3d7-4524-821a-30885bf24a97&utm_confid=sovj7m9z3&aGVhbHRoIHVuaW9uIGJsYWg=8e258a283071ec72caf27a214fb89135e09f3b0c56f8c97cf8c576f9cc975e02
Redação CDD

Compartilhe!!!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email