Convivendo com Bronquite Asmática

por Jana Silva

Olá crônicos lindos, como vocês estão?? Desejo que todos estejam lindos e saudáveis viu!!!

Hoje é o começo de uma nova jornada na minha vida, jornada essa que faz um bem danado! Sempre acreditei que a dor compartilhada torna se mais leve, mais suave e é isso que vim fazer aqui, compartilhar!!! Mas engana-se quem pensa que só vim compartilhar dor! Vem muitas alegrias, vitórias e conquistas… Então senta aí, que vamos conversar um pouquinho.

A Janinha aqui, desde muito pequena, 5 anos de idade, carrega uma doença crônica chamada Bronquite Asmática. Aos 5 anos estamos no auge das descobertas, no auge da sapequice e diversão… E tudo que queremos é correr e brincar até o dia acabar não é mesmo? Mas como viver todo esse auge com uma doença que castiga tanto o nosso condicionamento físico, e nos limita diariamente? Não tenho muito a falar sobre o meu diagnóstico pois a minha pouca idade não permitia o meu total entendimento, mas tenho muito a falar sobre as minhas limitações, pois desde cedo aprendi a conviver com elas.

E digo mais, aprendi a conviver e principalmente supera lás, por que quem tem criança em casa vai me entender, ooo pessoinhas teimosas rsrsrsr… Mamãe falava: Janinha você não pode correr assim, e Janinha corria, olha esse cheiro de tinta filha, você vai ter uma crise, e Janinha pintava o sete… E você acredita que com a teimosia de uma criança, a ausência do medo e a extrema vontade de ser feliz me fez passar por essa bronquite chata de um jeitinho mais suave e suportar todas as dificuldades sem traumas e angustias. Por isso bato na tecla que se tivermos um olhar infantil para certas dificuldades, as coisas mudam de cor e perdem o seu peso inicial. Lhe garanto que tudo será colorido e aquela bagagem dura e muito pesada, vai perdendo seu volume e você começará a carrega lá com mais facilidade! Aaaa Jana, você está romantizando uma doença crônica? PARAAA NÉ!!!

Acredite amigo, não estou romantizando nada, até porque o NÃO a gente já tem, bora correr atrás do nosso SIM… A felicidade é uma questão de escolha, cabe a nós ficarmos presos na angustia de sermos portadores de uma doença crônica, vou lhe contar um segredo, eu já vivi nesse lado aí e não é nada bom! Ou cabe a nós vivermos em busca de uma vida plena, acreditando no nosso potencial de superação, vivendo, realizando, construindo… Aaa vou te contar um outro segredo, alias não é segredo não, pode espalhar para geral… Eu vivo esse lado agora, e é BOM DEMAIS!!! Pega esse Spoiler aí, no próximo texto, vou relatar sobre as dificuldades diárias de se conviver com a bronquite asmática, da fase inicial até a fase adulta. E falar um pouquinho de como era a minha vida antes das novas medicações… Tudo relatado com o bom humor da coleguinha aqui, porque a gente chora sorrindo rsrsr… Até a próxima!

Compartilhe!!!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima