– UCE.
– UCE, doutor?
– Urticária crônica espontânea, isso mesmo.
– Errr, ok.

Se você já teve o diagnóstico da sua doença sabe o quanto é difícil. Uma doença que é uma sigla. Um nome que tem sobrenome e endereço. Palavras difíceis, o que afinal querem dizer?
Você sabe o que é UCE?
UCE não é um nova doença que inventaram. É apenas uma sigla para um tipo de urticária.

Quando descobri minha doença tinha tanta dificuldade de explicar para as pessoas que aos poucos fui criando uma didática, um jeito mais simples de que elas entendessem. Vou aproveitar pra compartilhar com vocês 😀

UCE significa urticária crônica espontânea, traduzindo: formas avermelhadas que aparecem no corpo, de forma contínua e recorrente, sem necessariamente precisar de um fator externo para que isso aconteça.

Ela é urticária, porque tem a ver com os sintomas – as urticas. Você sabia que era esse o nome?
Ela é crônica porque dura mais de 6 semanas, é recorrente e contínua.
E é espontânea porque acontece sem causa conhecida.

Diferente do que as pessoas acham, a UCE não é uma alergia, apesar de se manifestar muito semelhante a uma, devido a coceira, ao inchaço, às formas vermelhas que acontecem no corpo…
(Alergia é uma resposta do sistema imunológico a uma substância estranha ao organismo; no caso da Urticária Crônica Espontânea (UCE) não existe um estímulo externo específico.)

O tratamento inicial acaba sendo muito parecido ao que é dado a uma alergia, em que o médico submete o paciente a diversos tipos de exame, o que acaba sendo muito frustrante no caso de urticária crônica espontânea (UCE), porque os exames não são suficientemente capazes de identificar o problema.
Daí temos um diagnóstico por exclusão.

É bem comum que a UCE seja confundida com outras doenças, por isso que muitas pessoas levam tempo para o diagnóstico e isso pode ser um grande problema. Comigo, por exemplo, foram 3.000 dias para chegar na resposta certa. Ufa! Que bom que passou.

Mas agora o treino é simples. Descomplique a doença explicando para as pessoas o que ela é. Talvez fazer isso pode ser uma boa forma de você mesmo entender o que acontece com você.
Tem sido assim comigo!

Vamos juntos!?

Compartilhe!!!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email