Câncer de mama é um tumor maligno, formado pelo desenvolvimento de células de maneira desordenada, criando um ou mais nódulos na mama, que atinge, em sua maior parte, mulheres.

Lembrando que a prevenção é essencial pois, quanto antes diagnosticado, mais chances do câncer de mama ser tratado com sucesso. A mamografia é um exame essencial para esse processo.

Por não existir uma causa específica para essa doença, os especialistas apontam alguns fatores de risco que podem levar ao desenvolvimento desse tipo de câncer. Os principais indicativos são:

• Ser mulher;
• Idade – mulheres acima dos 50 anos correm mais risco;
• Histórico familiar (parentes que já tiveram a doença);
• Não ter filhos ou ter depois dos 30 anos;
• Elevado consumo de álcool (uma dose diária);
• Excesso de peso (gordura na região abdominal);
• Falta de exercícios físicos;
• Ciclo menstrual: mulheres que começaram a menstruar cedo (antes dos 12 anos) ou que entraram na menopausa após os 55 anos têm risco ligeiramente maior de ter câncer de mama.

Fontes:
Dr. Sergio dos Passos Ramos CRM17.178 – SP
Lima, Geraldo Rodrigues de; Girão, Manoel J.B.C.; Baracat, Edmund Chada. Procedimentos diagnósticos nas lesões não palpáveis da mama. In: Ginecologia de Consultório. 2003.1ª Edição. P.311-325. Editora de Projetos Médicos. São Paulo-SP.
Lima, Geraldo Rodrigues de; Girão, Manoel J.B.C.; Baracat, Edmund Chada. Câncer de mama: Fatores de risco, de prognóstico e preditivos. In: Ginecologia de Consultório. 2003.1ª Edição. P.311-325. Editora de Projetos Médicos. São Paulo-SP.
Adaptação: Redação CDD

Compartilhe!!!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email