Em uma série de podcasts no projeto ‘Mulheres Múltiplas’, você conhecerá histórias de pessoas que tentam driblar a insônia.

O sono é reparador. Ajuda no crescimento muscular e na síntese de proteínas. É durante esse período de repouso que nossas energias são repostas e o metabolismo é regulado. Todos esses fatores são essenciais para manter corpo e mente saudáveis.

Mas quais são os grandes desafios para as mulheres que têm alguma doença crônica na hora de dormir? No primeiro capítulo da minissérie ‘Sono e Doenças Crônicas’, no projeto ‘Mulheres Múltiplas’, falamos sobre as principais dificuldades para quem tem esclerose múltipla, dermatite atópica, DPOC e asma grave. Todas, em menor ou maior grau, tiveram ou têm dificuldades na hora do descanso. Conheça essas histórias no nosso primeiro episódio, disponível no perfil da CDD no Spotify.

Mas, em geral, muita gente teve o sono alterado, sobretudo nesses tempos de pandemia de covid-19. Há quem tenha usado as telas dos dispositivos móveis como uma maneira de ‘pegar no sono’ mais rápido ou, por causa da flexibilização do home office, muita gente acabou estendendo o horário de acordar e de dormir, o que altera a rotina de repouso.

Sobre pessoas que têm doenças crônicas, a especialista em Medicina do Sono, Luciana Palombini ressalta que o sono adequado e o controle do estresse são importantes para o equilíbrio de doenças autoimunes. Na dúvida, além de ouvir o médico específico de cada patologia, consultar um especialista em sono pode ajudar a melhorar a qualidade de vida.

Pegue um caderninho e anote todas as dicas neste segundo capítulo da minissérie ‘Sono e Doenças Crônicas’, no projeto ‘Mulheres Múltiplas’.

Compartilhe!!!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima