Condições de pele e saúde mental

Todos nós já ouvimos o ditado que diz que a primeira impressão é a que fica. Mas o que isso significa para alguém que convive com Dermatite Atópica e apresenta sintomas visíveis na pele? Não saber qual será a percepção dos outros aos seus sintomas pode deixá-lo paralisado de medo, ansiedade ou mesmo de culpa.

“Eles vão pensar que tenho algo contagioso?”

“Como isso afetará meu trabalho?”

“E se ninguém entender?”

O impacto social de conviver com a Dermatite Atópica pode afetar a saúde mental de várias maneiras. As condições de pele podem ser negligenciadas como “apenas” problemas cosméticos, mas a realidade é que a saúde mental pode ser prejudicada quando as outras pessoas têm essa percepção sobre as condições de pele.

Conectando doenças de pele e saúde mental

Estudos demonstraram que a saúde mental pode ser prejudicada, a longo prazo, quando alguém tem um problema de pele visível para outras pessoas. Para piorar a situação, muitas vezes existe um estigma que cerca as condições de pele.

Nós queremos explorar mais esses assuntos: como a saúde mental é afetada pela Dermatite Atópica? Qual é o estigma em torno da Dermatite Atópica? Como as emoções estão ligadas às crises? E, finalmente, o que se pode fazer a respeito de tudo isso?

Estigma

O estigma é uma realidade muitas vezes não mencionada da Dermatite Atópica. Estigma é quando existe uma visão negativa de algo ou alguém é visto de uma forma diferente. É da natureza humana almejar um sentimento de pertencimento. O estigma pode impedir que muitas pessoas com condições de pele sintam esse sentimento de pertencer.

Geralmente pensamos no estigma pertencente aos outros, mas o estigma pode vir de dentro e levar à dúvida, ao medo e à diminuição da auto-estima. Estudos mostram que doenças visíveis da pele podem mudar, como o passar do tempo, a maneira como as pessoas se veem e se sentem em relação ao futuro. Isso pode ter um impacto duradouro sobre os hobbies, atividades e até mesmo as carreiras que eles pretendem seguir.

Como a dermatite atópica pode afetar a saúde mental?

Sentir angústia, depressão, culpa própria ou ansiedade por causa da Dermatite Atópica não significa que está “tudo na sua cabeça”. Estudos demonstraram que o sofrimento mental pode piorar os sintomas das condições de pele. O estresse e a depressão podem levar ao aumento de crises ou sintomas, deixando você mais estressado e deprimido. Este ciclo vicioso continua – estresse, ansiedade, pioras nos sintomas de pele – e acaba se repetindo.

Sua mente e corpo estão conectados. A boa notícia é que muitos médicos estão começando a abordar essa conexão para poder gerenciar melhor os sintomas físicos e mentais.

Função imunológica e suas emoções

Normalmente, o sistema imunológico trabalha para manter o corpo saudável. Quando algo entra em seu corpo que pode ferir ou deixá-lo doente, seu sistema imunológico o combate.

Pesquisas mostram que o estresse crônico enfraquece o sistema imunológico. É mais provável que você, com um sistema imunológico fraco, adoeça e tenha crises de Dermatite Atópica.

Dicas para lidar com doenças de pele e controlar o estresse

Comece conversando com seu médico. Isso pode não ser fácil, mas é importante melhorar sua saúde mental. Trabalhar com seu médico permite uma abordagem em equipe aos seus cuidados, garantindo que você obtenha o melhor tratamento para seu corpo e mente.

Eduque a si mesmo e aos outros. O estigma em relação a doenças de pele pode ser devido à falta de compreensão. Uma maneira de ajudar a reduzir o estresse em torno de condições de pele e situações sociais pode ser explicar a outras pessoas sobre seus sintomas, pois ajudá-las a entender pode aliviar seu próprio estresse.

A importância do suporte

Encontre apoio em outras pessoas que convivam com Dermatite Atópica. Amigos próximos e familiares podem ser boas escolhas para apoio, mas ter um grupo de pessoas que entendam o que você está passando pode ser inestimável. O suporte pode ser pessoal ou online e pode ser um lugar seguro para conversar com outras pessoas.

Existem várias técnicas de gerenciamento de estresse que você pode tentar, algumas delas são:

Faça exercícios ou dê um passeio

Medite e pratique a atenção plena

Escrever em um diário/Praticar o Journaling

Alongue e relaxe seus músculos

Discuta seu estresse com amigos ou família

Mantenha uma dieta saudável

Desenvolva hobbies que você goste

Se você achar que seu estresse é difícil de controlar, converse com seu médico para ver se outros tratamentos, como terapia, ansiolíticos ou remédios para depressão, o que mais for adequado à sua situação.

 

Fonte: Atopic Dermatitis

Tradução e adaptação: Redação CDD – Crônicos do Dia a Dia

Compartilhe!!!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima