Crianças e adolescentes também podem apresentar transtorno bipolar, condição mental caracterizada por extremas mudanças de humor

Transtorno bipolar em crianças

O diagnóstico de transtorno bipolar em crianças é controverso. Isso ocorre principalmente porque as crianças nem sempre apresentam os mesmos sintomas de transtorno bipolar que os adultos. Seus humores e comportamentos também podem não seguir os padrões que os médicos usam para diagnosticar o transtorno em adultos.

Muitos sintomas do transtorno bipolar que ocorrem em crianças também se sobrepõem aos sintomas de uma série de outros transtornos que podem ocorrer em crianças, como o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).

No entanto, nas últimas décadas, médicos e profissionais de saúde mental passaram a reconhecer a condição em crianças. Um diagnóstico pode ajudar as crianças a obter tratamento, mas chegar a um diagnóstico pode levar várias semanas ou meses. A criança pode precisar procurar atendimento especial de um profissional treinado para tratar pessoas mais novas com questões de saúde mental.

Como os adultos, as crianças com transtorno bipolar apresentam episódios de humor “para cima”. Eles podem parecer muito felizes e mostrar sinais de comportamento excitado. Esses períodos são seguidos de depressão. Embora todas as crianças experimentem alterações de humor, as alterações causadas pelo transtorno bipolar são muito pronunciadas. Elas também são geralmente mais extremas do que a típica mudança de humor de uma criança.

Sintomas maníacos em crianças

Os sintomas de um episódio maníaco infantil causado pelo transtorno bipolar podem incluir:

  • agir de forma muito boba e se sentir muito feliz
  • falar rápido e mudar de assunto rapidamente
  • ter problemas de foco ou concentração
  • fazer coisas arriscadas ou experimentar comportamentos arriscados
  • ter um temperamento muito curto que leva rapidamente a explosões de raiva
  • ter problemas para dormir e não se sentir cansada após a perda de sono

Sintomas depressivos em crianças

Os sintomas de episódio depressivo infantil causado por transtorno bipolar podem incluir:

  • ficar se lamentando ou estar muito triste
  • dormir muito ou pouco
  • ter pouca energia para as atividades normais ou não mostrar sinais de interesse em nada
  • reclamar de não se sentir bem, incluindo dores de cabeça ou de estômago frequentes 
  • experimentar sentimentos de inutilidade ou culpa
  • comer pouco ou muito
  • pensar sobre a morte e possivelmente o suicídio

Outros diagnósticos possíveis

Alguns dos problemas de comportamento que você pode testemunhar em seu filho podem ser o resultado de outra condição. O TDAH e outros transtornos de comportamento podem ocorrer em crianças com transtorno bipolar. Acompanhe lado a lado com a equipe médica do seu filho para notar os comportamentos incomuns dele, o que ajudará a levar a um diagnóstico.

Transtorno bipolar em adolescentes

O comportamento cheio de angústia não é novidade para o pai de um adolescente comum. As mudanças nos hormônios, mais as mudanças na vida que vêm com a puberdade, podem fazer até mesmo o adolescente mais bem-comportado parecer um pouco chateado ou excessivamente emocional de vez em quando. No entanto, algumas mudanças de humor na adolescência podem ser o resultado de uma condição mais séria, como o transtorno bipolar.

O diagnóstico de transtorno bipolar é mais comum no final da adolescência e no início da idade adulta. Para adolescentes, os sintomas mais comuns de um episódio maníaco incluem:

  • se sentir muito feliz
  • se comportar mal
  • realizar comportamentos de risco
  • abusar de substâncias
  • pensar em sexo mais do que o normal
  • tornar-se excessivamente sexual ou sexualmente ativo
  • ter problemas para dormir, mas não mostrar sinais de fadiga ou cansaço
  • ter um gênio muito explosivo
  • ter problemas para manter o foco ou se distrair facilmente

Para adolescentes, os sintomas mais comuns de um episódio depressivo incluem:

  • dormir muito ou pouco
  • comer muito ou pouco
  • sentir-se muito triste e mostrar pouca excitação
  • deixar de lado atividades e amigos
  • pensar em morte e suicídio

Diagnosticar e tratar o transtorno bipolar pode ajudar crianças e adolescentes a ter uma vida mais saudável.

 

Fonte: Healthline

Tradução e adaptação: Redação CDD – Crônicos do Dia a Dia

Compartilhe!!!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima