5 coisas que você precisa saber sobre a osteoporose

A osteoporose é uma das doenças mais comuns, afetando mais de 10 milhões de americanos com outros 30 milhões em risco.

  1. O que é Osteoporose?

A osteoporose é a doença óssea mais comum em humanos e significa literalmente “ossos porosos”. Caracteriza-se por diminuição da resistência óssea e aumento da suscetibilidade a fraturas. A resistência óssea é uma medida da sua densidade óssea e qualidade óssea. O diagnóstico clínico de osteoporose é feito quando um indivíduo cai da própria altura e sofre uma fratura.

O diagnóstico de osteoporose da Organização Mundial da Saúde (OMS) pode ser feito por um valor específico de densidade mineral óssea (DMO) feito com o teste de densitometria óssea. Muitas vezes, a osteoporose é considerada uma doença silenciosa porque você não consegue sentir seus ossos se degenerando e 2/3 das fraturas na coluna não geram dor.

  1. Os homens também sofrem de osteoporose

Embora as mulheres sejam afetadas mais cedo e mais comumente do que os homens, 1 em cada 5 homens será afetado pela osteoporose e, quando isso acontece, é mais provável que sofram uma fratura; além disso, a mortalidade é muito maior em homens do que em mulheres para fraturas semelhantes.

1 em cada 3 mulheres será afetada e normalmente começa a apresentar sinais da doença 10 anos antes. A etnia e o tamanho do corpo também aumentam o risco de osteoporose. Mulheres brancas e asiáticas e aquelas com baixo peso corporal ou histórico familiar de osteoporose também correm maior risco.

  1. O que há de tão ruim na osteoporose?

A osteoporose faz com que seus ossos se tornem fracos e quebradiços, os resultados, no entanto, significam aumento do risco de fratura. Quando a fratura ocorre, muitos outros problemas ocorrem:

  • Dias no hospital aumentam
  • O risco de refratura aumenta
  • 28% das mulheres e 37% dos homens que sofrem fratura de quadril morrer dentro de um ano
  • 15% – 25% das pessoas que sofrem fratura de quadril precisam ser internadas em uma casa de repouso.
  1. A perda de densidade óssea é uma parte normal do envelhecimento

Aos 40 anos começamos a perder massa e densidade óssea. Para as mulheres, esse processo geralmente acelera após a menopausa a uma taxa de 1,5% a 2% ao ano e é devido a uma mudança nos hormônios. Nos homens, a perda de massa e densidade óssea geralmente se deve a uma queda na atividade física. Ocasionalmente, os homens também terão alterações hormonais à medida que envelhecem, o que leva a uma perda de massa e densidade óssea.

  1. A prevenção deve começar cedo

A prevenção da osteoporose deve começar cedo, alcançamos nosso pico de massa e densidade óssea entre 25 e 30 anos. Para manter nossos ossos saudáveis, podemos fazer coisas simples como exercícios, comer bem, garantir que estejamos recebendo vitaminas e minerais suficientes, e ficar de olho na saúde em geral. Depois dos 40, nossos ossos naturalmente começarão a enfraquecer – é importante edificá-los o máximo que pudermos para evitar que eles cheguem aos níveis criticamente fracos da osteoporose.

 

Tradução e Adaptação CDD – Crônicos do Dia a Dia

Fonte: Panorama Orthopedics & Spine Center

Publicado originalmente em 3 de maio de 2018

Compartilhe!!!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima