Algumas mulheres grávidas percebem que a asma melhora, enquanto outras não notam qualquer alteração nos sintomas. Congestão nasal e febre do feno podem piorar em alguns casos. Infelizmente, algumas mulheres – principalmente aquelas que já têm asma grave – acham que seus sintomas pioram quando estão grávidas.

Se você perceber que seus sintomas de asma e / ou febre do feno estão piorando, seu médico é a melhor pessoa para ajudá-la. Podem te indicar quais medidas são seguras durante a gravidez e falar sobre todas as coisas que você pode fazer para se manter bem com a sua asma. Marque uma consulta o mais breve possível.

A maioria dos medicamentos para asma são seguros de se usar durante a gravidez, e continuar a tomar seus remédios exatamente como prescrito é a melhor maneira de você se manter bem com a sua condição. O que é reconfortante é que o risco de complicações por causa de sua asma é muito pequeno para você e seu bebê.

Descobrindo que está grávida
Quando você descobrir que está grávida, marque uma consulta com seu médico o mais rápido possível. Esta é uma oportunidade para rever os seus medicamentos para a asma e verificar se o seu plano de ação está atualizado. Também diga à sua/seu ginecologista (ou ao profissional que esteja acompanhando sua gestação) que você tem asma.

Ficando bem quando você está grávida
É importante para você e seu bebê que sua asma seja bem administrada durante a gravidez. Você pode diminuir o risco de sintomas de asma e de ter um ataque de asma, se:
– tomar os medicamentos para a asma conforme prescritos e discutidos com o seu médico de família ou enfermeiro asmático, mesmo que não tenha sintomas
– rever seu plano de ação de asma com seu médico e se certificar de usar seu (s) inalador (es) da maneira mais eficaz – peça ao seu médico para verificar sua técnica de inalação.

Não fume!
As mulheres que fumam enquanto estão grávidas são mais propensas a ter bebês com problemas respiratórios, incluindo asma. Fumar durante a gravidez também aumenta o risco de aborto espontâneo e parto prematuro – se o bebê nascer muito cedo, os pulmões não estarão totalmente desenvolvidos e terão maior risco de chiado na infância.

Fumar não é bom para a sua asma, para o seu bebê ou para a sua saúde em geral. Você pode encontrar suporte para parar de fumar em programas de apoio locais . Não se esqueça de pedir a amigos e parentes para evitar fumar perto de você, pois o fumo passivo também aumenta o risco de sintomas de asma e um ataque de asma.

Coma bem
O melhor conselho para todas as mulheres grávidas é ter uma dieta saudável e equilibrada com muitas frutas e vegetais frescos. Isso dará ao seu bebê toda a nutrição necessária para crescer.

PREOCUPAÇÕES COMUNS
Meu remédio para asma vai prejudicar meu bebê?
Os medicamentos usados ​​para tratar a asma são seguros durante a gravidez e não prejudicam o seu bebê. Isso inclui inaladores de alívio ; inaladores preventivos; agentes de ação prolongada e combinados, entre outros. Há mais riscos para você e seu bebê se você não tomar seus remédios e sua asma piorar. O mais importante é seguir as recomentações prescritas pelo seu médico.

É seguro tomar a vacina contra a gripe?

Sim. A vacina contra a gripe é recomendada para mulheres grávidas, bem como para algumas pessoas com asma, devido ao maior risco de desenvolver complicações da gripe. É seguro tomar a vacina contra a gripe em qualquer fase da sua gravidez. Tomar essa vacina durante a gravidez também protegerá seu bebê da gripe nos primeiros meses de vida.

O que devo fazer se minha asma piorar enquanto estiver grávida?
Se notar que os seus sintomas de asma estão se agravando, marque uma consulta com o seu médico o mais rápido possível, para que estes possam rever os seus medicamentos e fazer quaisquer alterações, se necessário.

Se você achar que está usando o seu inalador de alívio mais de três vezes por semana, fale com seu médico, pois isso pode ser um sinal de que sua asma não é bem administrada.

O que devo fazer se tiver um ataque de asma enquanto estiver grávida?
Ter um ataque de asma é sempre uma emergência, estando grávida ou não. Certifique-se de que você e as pessoas ao seu redor saibam o que fazer em um ataque de asma.

Meu bebê vai desenvolver asma?
Não sabemos a causa exata da asma, mas sabemos que ela geralmente ocorre em famílias. Seu bebê corre mais risco de desenvolver asma ou problemas respiratórios se:
– você fumar enquanto está grávida ou fumar ao redor do seu filho quando nascem;
– ambos os pais terem asma. Se apenas um dos pais tiver, o bebê tem uma chance maior de desenvolver a patologia se for a mãe;
– seu bebê nascer prematuramente.

SOBRE O PARTO
E se eu tiver um ataque de asma durante o parto?
Os ataques de asma durante o trabalho de parto são muito raros porque seu corpo produz hormônios (cortisona e adrenalina) que ajudam no processo. Esses hormônios, esteróides naturais, também ajudam a prevenir ataques de asma. Mesmo se sua asma piorou durante a gravidez, esses sintomas geralmente diminuem durante os meses finais.

Se você tiver sintomas de asma durante o trabalho de parto, é seguro usar o inalador de alívio normalmente. Não vai prejudicar o seu bebê de forma alguma. Se você estiver tomando altas doses de esteróides e já estiver há mais de duas semanas antes de entrar em trabalho de parto, não se esqueça de avisar a sua parteira e / ou a equipe do hospital o que eles precisam saber para que você continue tomando esses medicamentos enquanto você está em trabalho de parto.

Algumas pessoas com asma também têm alergia ao látex. Se o fizer, informe a sua parteira e a equipe do hospital para que usem luvas sem látex.

E quanto ao alívio da dor durante o parto?
Existem várias maneiras diferentes de aliviar a dor durante o trabalho de parto. Injeções de alívio da dor e epidurais são seguras para as mulheres com asma. Gás e ar são seguros para a maioria das mulheres com asma. Se você tiver asma grave, seu médico discutirá o que é melhor para você.

Se você precisar fazer uma cesárea, pode ser aconselhável ter um anestésico local em vez de um geral, se possível.

DEPOIS DO NASCIMENTO
Amamentação
Há tantos benefícios para a amamentação que o Departamento de Saúde aconselha as mulheres a amamentar exclusivamente (somente amamentar seu bebê com leite materno) nos primeiros seis meses, se possível. Depois disso, você pode continuar amamentando e alimentando seu bebê com outros alimentos, conforme vocês preferirem.

É seguro amamentar seu bebê quando estiver tomando remédios para asma?
Apenas quantidades muito pequenas de medicamentos para asma passam para o leite materno e não representam risco para o seu bebê. Medicamentos prescritos para asma não afetam a capacidade do seu corpo de produzir leite materno.
Se você puder, a amamentação é a melhor escolha para o seu bebê. Algumas pesquisas sugerem que a amamentação pode ajudar a reduzir a chance de bebês desenvolverem asma.

Se você não puder amamentar seu bebê por qualquer motivo – talvez não seja possível, você não está gostando ou precisa voltar ao trabalho – isso não significa que seu bebê irá desenvolver asma. Fale com seu médico sobre as opções.

Fonte: Asthma UK http://bit.ly/2BI6cGS
Tradução e adaptação: Redação CDD

Compartilhe!!!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Rolar para cima