‘Queremos mostrar a importância da vida, da ciência e do SUS’, declara presidente do Conselho Nacional de Saúde

AME e CDD participam da  ‘Marcha Virtual pela Vida’, que ocorre nesta terça-feira, 9, com todos os movimentos que compõem o CNS

Defender a vida em tempos de pandemia do novo coronavírus. Para além das questões envolvendo a covid-19, defender a saúde daqueles que precisam de variados tratamentos, entre cirurgias, exames e medicamentos de uso contínuo, para os pacientes de doenças crônicas.
Esses são os objetivos da Marcha Virtual pela Vida, organizada pela Frente pela Vida, movimento que reúne diversas entidades, entre elas, o Conselho Nacional de Saúde (CNS). A AME e CDD têm presença garantida no evento, que terá diversas atividades transmitidas pelas redes sociais nesta terça-feira, 9, durante o isolamento social. Além disso, as entidades promoverão um tuitaço, das 12h às 13h, com a hashtag #MarchaPelaVida.
“O objetivo da Marcha é mostrar para todo o Brasil a importância da vida, da ciência, do Sistema Único de Saúde, o nosso SUS, o meio ambiente, a solidariedade, a democracia e o respeito a nossa constituição. Esses são valores fundamentais para poder garantir os direitos humanos e sociais no nosso País”, afirma o presidente do Conselho Nacional de Saúde, Fernando Pigatto. Ele acrescenta que a iniciativa também aproxima ainda mais o CNS da população. “O Conselho Nacional de Saúde, além se ser formado por dezenas de entidades, movimentos, organizações, principalmente da sociedade civil, que são 75% de usuários e usuárias e 25% de profissionais de saúde, dialoga com mais de uma centena de organizações que têm suas ações também na ponta, nos conselhos estaduais e municipais, além de suas atividades fora de espaços de conselho. A Marcha é um exemplo”, conclui.

SAIBA MAIS: ‘Para que serve o Conselho Nacional de Saúde e como a AME-CDD participa dele’

Na parte da manhã, a Marcha Virtual pela Vida, intitulada como o Dia “V”, contará com atividades locais e regionais de entidades, instituições e organizações de todos os setores. À tarde, haverá debates virtuais de âmbito nacional, com a participação de cientistas, personalidades, gestores públicos e artistas.
Um ato político com a apresentação dos pontos essenciais defendidos no documento da Frente Pela Vida endereçada a parlamentares ocorrerão às 16h. A manifestação se encerra com apresentações culturais online transmitidas das 18h às 19h. Os participantes da Marcha Virtual pela Vida também poderão mostrar na internet onde estão se manifestando em tempo real através do aplicativo Manif.app, ferramenta criada na França e que já vem sendo utilizada no país para manifestações em tempos de coronavírus. O aplicativo permitirá que as pessoas mostrem seu apoio à manifestação por meio de um avatar, obedecendo às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) de distanciamento social para evitar a disseminação da covid-19.

Programação completa da Marcha Virtual pela Vida:
Quando:
Terça, 9 de junho
Até 12h: Atividades organizadas pelas entidades e movimentos, como webninars e mobilizações nas redes sociais das organizações
Às 12h: Manifestação virtual em Brasília, com avatares (Manif.app)
Das 12h às 13h: Tuitaço com a hashtag #MarchaPelaVida
Das 13h às 15h: Painel online de depoimentos de pessoas de todos os setores sociais em torno dos seis eixos da declaração “Marcha pela Vida”
Às 16h: Ato político de apresentação pública dos pontos essenciais da Marcha
Das 18h às 19h: Programação cultural

Compartilhe!!!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no email
Rolar para cima