Muito se falou no último mês, em  outubro, sobre a conscientização do câncer de mama, mas será que todas essas pessoas entendem a real importância disso?

Fui pesquisar quando iniciou esse movimento e descobri que foi em 1997 nos Estados Unidos, e comecei a pensar como foi isso, deve ter sido difícil afinal, se temos tantos obstáculos para falar e aceitar essa doença ainda nos dias de hoje, como foi em 97?

Com certeza não havia muita gente apoiando, com mulheres contando suas histórias, desafios e muito menos mostrando suas cicatrizes!

A força que as mulheres possuem hoje é algo maravilho e digo por experiencia própria, pois poder falar abertamente é incrível!

Não foi assim desde o início, pelo contrário, quando eu recebi o diagnóstico, eu me fechei, achei que iria morrer, tive medo e chorei muito, mas aos poucos fui entendendo que esse não era o fim e que eu poderia lutar!

E hoje após 1 ano do meu diagnóstico eu falo abertamente sobre a minha história, sobre a importância da prevenção, de boa alimentação, exercícios físicos, autocuidado, ir ao médico periodicamente, ter os exames em dia e ficar sempre de olho em algo diferente em nosso corpo.

Mas essa conscientização não deveria ser somente em outubro, mas em todos os meses do ano!

Além de se cuidar enfatizo a importância de apoiar essa causa, e não é apenas tirar uma foto com uma camiseta rosa e colocar em suas redes sociais, mas que você respeite a paciente com câncer, que você faça sim o autoexame mas que nunca, em hipótese alguma esqueça de fazer os exames de rotina, e isso significa ir ao médico anualmente, mesmo se não sinta nada, foi assim que eu descobri o meu!

Apoie cada mulher e respeite essa paciente! Cada mulher é única, mas todas são iguais nessa luta, passam por uma grande luta que além do tratamento precisam disso: apoio!

Com carinho!

Rebeca Hyppolito

Compartilhe!!!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email