Viajar pode ser ótimo, mas quando se tem asma, a expectativa de um lindo passeio pode não se tornar realidade caso você não tome alguns cuidados antes de partir. 

Como novos ambientes podem ser imprevisíveis, é importante estar preparado. Aproveite suas férias – evitando um ataque de asma – seguindo estas etapas simples:

1. Entenda bem seu plano de tratamento

A asma alérgica geralmente pode ser tratada com medicamentos diários e inaladores de resgate. Se você ainda estiver com sintomas, mesmo seguindo o seu plano de tratamento, pode ser necessário reavaliar o problema com seu médico. A melhor maneira de se manter saudável em sua viagem é estar o mais saudável e bem preparado possível antes de partir.

 

2. Seja estratégico ao planejar sua viagem

Considere se você tem mais chances de encontrar certos gatilhos se viajar para determinados lugares. Você pode escolher seu destino com seus gatilhos em mente.

Se seus sintomas são desencadeados por esporos de mofo, evite passar férias em regiões úmidas e chuvosas e fique longe de edifícios mais velhos e potencialmente mofados.

Se seus sintomas forem desencadeados pela poluição do ar, não vá para as principais áreas urbanas onde a qualidade do ar é geralmente mais baixa. Você também pode evitar regiões com alta contagem de pólen na primavera e no outono.

Ser estratégico sobre o seu destino pode aumentar sua saúde e felicidade durante sua viagem.

3. Consulte o seu médico

Antes de sair, agende um check-up com seu médico. Eles poderão refazer as prescrições e revisar os riscos relacionados a viagens. Eles também podem lhe dar todas as imunizações necessárias, como a vacina contra a gripe. O seu médico também deve fornecer uma carta explicando sua condição e incluir medicamentos ou dispositivos necessários em caso de emergência médica.

Se ainda não o fez, trabalhe com seu médico para desenvolver um plano de ação para asma alérgica. Aqui está um exemplo de um plano de ação, que deve incluir o que fazer em caso de emergência, uma lista de seus medicamentos prescritos e o nome e informações de contato do seu médico.

 

4. Coloque seu medicamento na bagagem de mão

É vital manter sempre com você os medicamentos e dispositivos alérgicos à asma. Isso significa colocar seus suprimentos na bagagem de mão e mantê-los à mão durante toda a viagem.

A bagagem despachada pode ser perdida, danificada ou roubada. Dependendo do seu destino, pode ser difícil encontrar os medicamentos de reposição certos.

 

5. Não esqueça seus dispositivos

Leve todos os dispositivos de asma que você usa, como um espaçador ou medidor de vazão de pico. Se você usar um nebulizador elétrico para gerenciar asma alérgica, descubra se precisa de um adaptador para tomadas elétricas estrangeiras. Todos os seus dispositivos também devem ser embalados em sua bagagem de mão.

 

6. Reserve um quarto de hotel para não fumantes e sem animais de estimação

Ao reservar suas acomodações, não deixe de solicitar um quarto para não fumantes e sem animais de estimação. Isso ajudará a evitar resíduos de tabaco e pelos de animais. Se o seu hotel não pode garantir um quarto para não fumantes e para animais de estimação, considere ficar em outro lugar.

 

7. Conheça o hospital mais próximo e o número de emergência local

Encontre o hospital mais próximo de onde você ficará. Descubra como você chegará ao hospital em caso de emergência. Países diferentes usam números diferentes para chamar uma ambulância. Aqui estão alguns exemplos de números de emergência nacionais:

8. Conheça os primeiros socorros em asma

Aprender a cuidar de si mesmo durante uma crise de asma pode salvar sua vida. Lembre-se destas etapas básicas se você estiver tendo um ataque de asma:

  • Use seu medicamento de resgate imediatamente.
  • Se o seu medicamento não parece estar funcionando, procure ajuda médica de emergência.
  • Deixe alguém saber o que está acontecendo e peça que fiquem com você.
  • Fique na posição vertical. Não se deite.
  • Tente manter a calma, pois o pânico pode piorar os sintomas.
  • Tente respirar devagar e com firmeza.
  • Se os sintomas persistirem ou piorarem, continue a tomar seu medicamento de resgate seguindo as instruções do seu médico para uso em situações de emergência, enquanto espera por ajuda médica.

Não hesite em procurar ajuda médica de emergência para sintomas de asma. Os ataques de asma podem piorar repentina e inesperadamente.

 

9. Aprenda sobre menus

Se você tem alergia a alimentos, garanta que lanches, refeições em restaurantes ou refeições preparadas por familiares ou amigos sejam seguras. Se não tiver certeza, pergunte sobre os ingredientes usados ​​e como a comida foi preparada.

Considere ligar para restaurantes para garantir que eles possam preparar alimentos seguros para alergias.

Muitas companhias aéreas, trens e navios de cruzeiro podem acomodar dietas especiais. Informe a empresa de viagens com antecedência sobre suas alergias.

 

10. Verifique os relatórios de qualidade do ar

Muitas crises de asma alérgica são desencadeadas pela baixa qualidade do ar e poluição do ar. Leve isso em consideração no seu planejamento.

Quando você chegar ao seu destino, verifique a qualidade do ar pela manhã. Isso pode ajudá-la a se preparar para o seu dia, se a qualidade do ar não for ideal. Muitos aplicativos e sites meteorológicos incluem relatórios diários de qualidade do ar.

 

#Partiu

A asma não precisa interferir na sua vida cotidiana – ou em férias, muito necessárias. Reserve um tempo para consultar o seu médico antes de ir. Com boa preparação você pode fazer uma viagem de férias saudável e relaxante.

Texto traduzido e adaptado por Redação CDD, originalmente publicado em https://www.healthline.com/health/allergic-asthma/travel-tips#air-quality-reports

 

Compartilhe!!!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on email